• Aline Fanti

Oficina de brinquedos recicláveis: por que não é sustentável?


Em uma tentativa da escola ser mais sustentável, não é raro se deparar com as famosas oficinas de “brinquedos com materiais recicláveis” que acontecem muitas vezes nos eventos, com a participação das famílias e crianças. Todos animados, juntando pilhas de recicláveis e pensando nos brinquedos que vão construir… Mas afinal, isso é sustentável?


Respiro...

Fazer brinquedos com materiais recicláveis não é sustentável, na maioria das vezes, e vou explicar o por quê!


Quando pensamos nos tão famosos 3 R's, “Recusar, Reutilizar e Reciclar”, percebemos que “reutilizar” vem ainda antes do “reciclar” na ordem de prioridade. Usar a criatividade e transformar materiais que iriam para o lixo em brinquedos parece uma ótima alternativa então, né? Porém, é preciso lembrar do porquê reutilizar é importante!


Reutilizamos para dar uma nova função para os materiais, aumentando sua durabilidade, sua vida útil e postergando o seu descarte. Com a reutilização evitamos a compra de novos objetos e consequentemente reduzimos os impactos ambientais e uso de recursos naturais relacionados à produção e compra de um novo produto.


No entanto, o que é mais visto nas oficinas de brinquedos recicláveis? Rolos de papel higiênico, caixas de papelão e garrafas de plástico cortadas, cheia de colas e tinta, se transformando em carrinhos que descolam no primeiro uso, brinquedos muitas vezes frágeis e pouco duráveis, “bichinhos” e objetos de decoração que serão jogados no lixo no dia seguinte, indo totalmente contra o propósito da reutilização de uma forma realmente sustentável.


Além disso, toda a cola, tinta, E.V.A e glitter utilizado (mesmo com a maior das boas intenções artísticas) poderá inviabilizar a reciclagem do material. Ou seja, a caixa de papelão que poderia ser reciclada, na tentativa de virar um brinquedo, foi toda decorada e, muito provavelmente, terá que ser descartada no lixo comum, indo parar em um aterro sanitário.


“Bom, então não devemos mais fazer oficinas com sucata?”


Não é bem assim. É possível reutilizar de forma divertida, criativa e ainda promover reflexões importantes e mudanças de hábitos com relação aos nossos resíduos.


Algumas dicas para reutilizar materiais de forma mais consciente na escola:


- Lembre-se do propósito da reutilização e tente construir objetos duráveis e úteis. Pense se você vai querer ter esse objeto na sua casa de decoração depois;


- Evite colocar tinta e cola para que as partes possam ser enviadas para a reciclagem após o uso. Que tal lançar um desafio para que os brinquedos tenham encaixes, por exemplo? Ou uma decoração com elementos naturais que pode ser desfeita depois?


- Cuidado ao solicitar “materiais recicláveis” para as famílias, pois isso pode incentivar mais ainda a compra e consumo. Lembre-se que o primeiro “R” é reduzir! Ou seja, evitar a geração dos resíduos, sempre que possível.


- Aproveite o tema e promova uma roda de conversa com as famílias! Quais resíduos ainda produzimos na escola ou em casa que podemos evitar?


É desafiador, eu sei. Mas uma educação sem reflexão crítica, sem aprendizado e sem propósito não vai transformar a sociedade e o mundo da forma que precisamos e almejamos.


Por isso seguimos compartilhando aprendizados e esperanças de um futuro melhor para todos!


Foto 1: https://movimentolixocidadao.com.br/aprenda-a-fazer-brinquedos-para-criancas-utilizando-materiais-reciclaveis/

Foto 2: https://www.mamaeretro.com/como-fazer-brinquedos-de-sucata/

113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo